Outro

Vasos Sanguíneos



Vaso sanguíneo: condução do sangue pelo organismo

Introdução (o que são)

O sistema circulatório é formado por artérias, veias e vasos linfáticos, que têm como objetivo conduzir líquidos pelo organismo. Ele divide-se em:

- Sistema cardiovascular: formado pelas veias, artérias e coração, que nutrem e captam sangue dos tecidos.

- Sistema linfático: contém linfa em seu interior, e sentido unidirecional, para possibilitar a saída de líquido dos tecidos. Seu conteúdo desemboca no sistema venoso.

A partir de tal diferenciação, é possível explicar os aspectos envolvidos e as peculiaridades dos vasos sanguíneos.

Composição e funcionamento

Os vasos sanguíneos são estruturas fechadas, especializadas em conduzir o sangue por todo o organismo.

Para ter uma melhor compreensão do assunto, é importante ressaltar que existem dois tipos de circulação no organismo:

- Circulação pulmonar: restringe-se a coração e pulmões, para que ocorra a troca do sangue rico em gás carbônico pelo oxigenado nos alvéolos pulmonares.

- Circulação sistêmica: partindo do coração, o sangue rico em oxigênio é distribuído aos tecidos, que devolvem o gás carbônico.

A partir deste conceito, diferencia-se os vasos em:

1 - Artérias

São estruturas altamente resistentes, com a função de distribuir o sangue rico em oxigênio pelo organismo - referindo-se, portanto, a circulação sistêmica.

Já na circulação pulmonar, as artérias têm como função levar o sangue com CO2 que chegou ao coração até os pulmões.

Histologicamente falando, elas contêm 3 camadas:

- Túnica íntima: é a camada mais interna, que fica em contato direto com o sangue. É formada por um tecido elástico, chamado endotélio.

- Túnica média: trata-se de uma camada altamente resistente, composta de músculo liso. É responsável pela constrição e dilatação do vaso.

- Túnica adventícia: é a porção mais externa, formada por tecido conectivo.

2 - Veias

Diferente das artérias, estes são vasos que coletam o sangue periférico rico em CO2, e o conduzem até o coração. Diferentemente, na circulação pulmonar, são estruturas que conduzem o sangue oxigenado até o coração, para que seja distribuído para todo o corpo.

Embora também possuam 3 camadas, sua estrutura é mais maleável e frágil que as artérias, devido a menor espessura da camada média, formada por músculos.

São características por possuírem válvulas, que auxiliam o sangue a vencer a força da gravidade. Para melhor entender, pense que o sangue que está nos pés deve subir até o coração. Para isso, existe tal mecanismo que impede o refluxo de sangue, além do auxilio da musculatura.


Curiosidades

- A aterosclerose é uma doença que acomete as artérias, através do depósito de gorduras, que acabam resultando em calcificação e enrijecimento dos vasos.

- Ao chegar aos tecidos, as artérias tornam-se cada vez mais finas, recebendo o nome de arteríolas. Posteriormente, formam-se os capilares, que são estruturas extremamente finas, onde ocorre a troca sanguínea.

- O mau funcionamento das válvulas venosas pode resultar no acúmulo de sangue, e consequentemente, formação de varizes.