Em detalhe

Mal de Alzheimer



Dr. Alois Alzheimer: primeiros estudos da doença em 1901

Introdução

O mal de Alzheimer é uma doença degenerativa do cérebro que afeta quase metade das pessoas acima de oitenta e cinco anos de idade e traz um grande prejuízo social e econômico.

Informações importantes

Apesar da causa exata desta doença ainda ser desconhecida, já se sabe que a predisposição genética é um fator bastante relevante.

Sintomas

Seus sintomas incluem perda de memória, agitação e descontrole emocional. Algumas possíveis causas deste mal são alterações no cérebro devido a processos inflamatórios, o acúmulo de proteínas neurotóxicas no cérebro, entre outras.

Em seu início a doença pode manifestar-se através alterações brandas da personalidade. A medida em vai progredindo, o portador do mal de Alzheimer passa a não reconhecer mais os familiares, torna-se incapaz de realizar tarefas simples do dia a dia, e, ao final, necessita de ajuda para tudo (este é o último estágio da doença).

Importância do diagnóstico precoce

Por ainda não existir cura para esta enfermidade, o ideal é que ela seja diagnosticada ainda no início, desta forma, seus sintomas poderão ser controlados através de drogas paliativas que deverão ser ministradas durante o acompanhamento médico.

Tratamento

Com relação às drogas, sabe-se que algumas delas são bastante úteis ainda no início da doença, entretanto, sua dosagem deverá ser personalizada.

Estas drogas agem como inibidoras da acetil-colinesterase (enzima que destrói a acetilcolina). Já se sabe que a deficiência da acetilcolina é um evento que ocorre na doença de Alzheimer.

ATENÇÃO: as informações contidas nesta página servem apenas como fonte para pesquisas e trabalhos escolares. Portanto, não devem ser utilizadas para fins de orientação médica. Para tanto, procure um médico para receber orientações e o devido tratamento.


Video: Alzheimer. Drauzio Comenta #11 (Junho 2021).