Em detalhe

Níveis Tróficos



Níveis Tróficos: posição na pirâmide ecológica

O que são (definição)

Em qualquer pirâmide ecológica que existe na natureza encontramos níveis tróficos. Cada um desses níveis representa a posição de organismos na pirâmide. Essa posição é determinada pelo número de passos de transferência de energia.

Características principais dos níveis tróficos

Quando a posição dos organismos é aquela que fica no nível trófico mais baixo, quer dizer que esses organismos são os produtores primários. Por exemplo:

- Algas azuis (cianobactérias) no oceano.

- Vegetação herbácea na savana africana.

- Plantas aquáticas em uma lagoa.

A base mais larga da pirâmide significa que muita energia se concentra nesse nível trófico. Os níveis tróficos acima desse vão ficando sucessivamente mais estreitos. A razão é a perda de energia durante a transferência dela de um nível para o seguinte. Portanto, a quantidade de energia que alcança o nível trófico mais alto é a menor de todas.

Organismos que estão nos níveis tróficos acima do primeiro nível são os consumidores. Eles estão divididos em primários (se consomem matéria vegetal - herbívoros) e secundários (se consomem matéria animal - carnívoros). Essa classificação tem apenas a função de tornar mais fácil o entendimento, uma vez que existem muitos consumidores com uma dieta que inclui matéria vegetal e animal.

Por que a energia se perde entre os níveis tróficos?

A razão da perda da energia está em dois fatores:

- a baixa eficiência na transformação da energia pelos organismos.

- o trabalho realizado pelos organismos em cada nível.

Toda a energia luminosa disponível poderia ser aproveitada por produtores primários para produzir carboidrato através do processo de fotossíntese. Mas apenas uma porção dessa energia luminosa é assimilada pelos organismos produtores. Os herbívoros assimilam menos energia ainda, pois parte da energia que os vegetais assimilaram é gasta para a própria manutenção e não para oferecer para herbívoros. A porção de energia que os herbívoros conseguem transferir para os carnívoros é menor ainda. Os herbívoros são ativos e precisam de parte da energia que assimilaram para se aquecerem e se locomoverem.


Curiosidade

A raiz da palavra "trófico" vem do grego, que significa "alimento". Foi Raymond Lindeman que usou essa palavra em um sentido científico. Em 1942 ele foi o primeiro ecólogo a medir a quantidade de energia que alcança os níveis tróficos de uma pirâmide ecológica.