Geral

Turbelários



Dugesia sp: exemplo de turbelário

O que são - definição biológica

Também conhecidos como planárias, os turbelários (classe Turbellaria) são vermes platelmintos de vida livre. Existem cerca de 3 mil espécies de turbelários.

Habitat

Os turbelários vivem em água doce (rios e lagos), mares (água salgada) e também em locais do solo com terra úmida.

Principais características dos turbelários:

- São animais de dimensão reduzida, sendo que grande parte das espécies mede entre 2 cm e 5 cm de comprimento. Porém, existem espécies que chegam a 60 cm.

- Possuem o corpo com formato achatado.

- Possuem aparelho digestivo muito simples, formado por boca e intestinos.

- Grande parte dos turbelários é carnívora.

- As planárias são hermafroditas. Porém, a autofecundação é rara, pois a fecundação ocorre geralmente de forma cruzada e interna. Pode ocorrer também reprodução assexuada por bipartição.

- No processo de reprodução dos turbelários não ocorrem fases larvais, pois o desenvolvimento é direto.

- Apresentam a capacidade elevada de regeneração corporal.

- Possuem grande capacidade de adesão, pois possuem ventosas, cílios adesivos e glândulas adesivas.

- Possuem ocelos na região anterior do corpo. Estas estruturas são sensíveis à luz.

- Se locomovem através de músculos ou cílios.

- Boca situada na superfície ventral. A ingestão de alimentos ocorre através de uma faringe longa.

Exemplos de turbelários

- Planária Geoplana

- Pseudobiceros bedfordi

- Pseudobiceros dimidiatus

- Catenula lemnae

- Dugesia sp


Planária terrestre: outro exemplo de turbelário.