Outro

Vivíparos



Vivíparos: desenvolvimento do embrião no útero da mãe

O que são - definição biológica

Vivíparos são animais cujo embrião se desenvolve dentro do útero materno. Logo, todos os mamíferos placentários (eutérios) são animais vivíparos.

Este tipo de reprodução animal é conhecido como viviparidade.

Resumo das características principais:

- Nos animais vivíparos a nutrição do embrião (e depois do feto) é realizada na placenta materna.

- Em muitas espécies de animais vivíparos, o transporte dos nutrientes e da água, presentes no sangue materno, é realizado através do cordão umbilical.

- Quando a gestação ocorre de forma normal, o filhote nasce assim que seu desenvolvimento está completo.

- O período de gestação dos vivíparos varia de acordo com cada espécie. No caso dos seres humanos, ela dura nove meses.

Exemplos de animais vivíparos

- Homem

- Cachorros

- Gatos

- Porco

- Cavalo

- Boi

- Leão

- Camelo

- Elefante

- Macacos

- Leopardo

- Urso

- Hiena

- Tigre

- Rinoceronte

- Girafa

Diferença entre vivíparos e ovíparos

Enquanto nos vivíparos o embrião se desenvolve dentro do útero materno, nos animais ovíparos ele se desenvolve dentro de um ovo.

Curiosidades biológicas

- Os animais monotremados (exemplo: ornitorrinco) são mamíferos, porém não são vivíparos. Estes animais são ovíparos, ou seja, o desenvolvimento do embrião ocorre dentro de um ovo.

- Não encontramos animais vivíparos somente entre os mamíferos. A cobra camaleão é um réptil, porém é vivípara. A salamandra é um anfíbio e também é vivípara. Além destes, podemos citar o escorpião imperador que também é vivíparo, embora seja um aracnídeo.

Rinoceronte e porco: outros dois exemplos de animais vivíparos.