Opcional

Animais de hábitos noturnos



Animais de hábitos noturnos: adaptações para a vida no escuro

O que são - definição biológica

São espécies animais que possuem vida ativa durante a noite e dormem durante o dia. Esses animais costumam caçar, reproduzir e se deslocar durante a noite. O hábito de vida noturno ocorre em função de necessidades fisiológicas, alimentares ou reprodutivas. Algumas espécies, por exemplo, possuem hábitos noturnos como uma estratégia para não serem pegas por predadores de hábitos diurnos.

Embora muitas espécies noturnas possuam hábitos noturnos, elas também conseguem se manter ativas durante o dia. Ou fazem poucas atividades durante o dia e as principais no período da noite.

Principais características

- Sistemas visual, auditivo ou de orientação adaptados para o escuro (noite).

- Metabolismo mais ativo no período escuro do dia (noite).

- Necessidade, em algumas espécies, de conservar a água do corpo, evitando o calor.

Exemplos de animais de hábitos noturnos

- Morcegos

- Porco-espinho

- Coruja

- Furões

- Sapos

- Castor

- Rinoceronte-preto

- Caracal

- Hamster

- Gerbil

- Esquilo-Voador

- Dingo

- Coiote

- Barata

- Chinchila

- Escorpião

- Urso-de-óculos

- Demônio-da-tasmânia

- Cervo-de-cauda-branca

- Tapeti

- Tarântula (aranha caranguejeira)

- Leopardo

- Tatu

Coruja: uma ave de rapina de hábitos noturnos.