Outro

Isópodes



Tatuzinho de jardim: exemplo de isópode terrestre

O que são - definição biológica

Os Isópodes são animais crustáceos (ordem Isopoda) de tamanho pequeno. Podem ser encontrados no solo e em água doce, embora a maioria das espécies vivem em água marinha (mares e oceanos)

Uma das espécies de Isópodes mais conhecida é o tatuzinho de jardim.

Provavelmente, estes crustáceos existem há 300 milhões de anos, ou seja, desde a Era Paleozoica. Atualmente, são conhecidas cerca de 10 mil espécies de Isópodes.

Principais características dos isópodes:

- Possuem o corpo achatado.

- O corpo é composto por cabeça, tórax e abdome.

- Possuem dois pares de antenas na cabeça.

- Possuem membros articulados e exoesqueleto formado por quitina.

- A alimentação varia muito de espécie para espécie. Alguns Isópodes se alimentam de plantas, outros de animais em decomposição, outros são filtradores e algumas espécies são parasitas de peixes.

- A grande parte das espécies possuem separação de sexo. Apenas algumas são hermafroditas.

Exemplos de animais Isópodes:

- Armadillidium vulgare - Tatuzinho-de-jardim (também conhecido como bicho-de-conta e tatu bolinha).

- Eurydice pulchra

- Anilocra

- Asellota

- Phoratopus remex

Classificação científica:

Reino: Animalia

Filo: Arthropoda

Subfilo: Crustacea

Classe: Malacostraca

Subclasse: Eumalacostraca

Superordem: Peracarida

Ordem: Isopoda

Curiosidade biológica:

- O maior isópode da Terra é o Bathynomus spp. Ele é conhecido como isópode gigante e apresenta cerca de 50 cm de comprimento.

Euridyce pulchra: outro exemplo de animal isópode.