Outro

Reprodução Sexuada



Espermatozóide penetrando o óvulo

Introdução (definição)

A reprodução sexuada é assim chamada por necessitar da união de dois seres da mesma espécie, sendo um deles do sexo feminino e o outro masculino.

Conhecendo a reprodução sexuada (características e informações)

Ao contrário da reprodução assexuada, onde não há a necessidade desta fusão, na reprodução sexuada a prole receberá as características genéticas tanto maternas quanto paternas.

Na reprodução sexuada animal, ocorre a fusão de dois gametas diferentes para formação do zigoto (célula criada a partir da ligação do espermatozóide com o óvulo). Os gametas são produzidos a partir da divisão celular conhecida como meiose.

Com relação a suas características, os gametas são haplóides (possuem apenas um par de cromossomos), já o zigoto apresenta-se na forma diplóide (apresenta dois pares de cromossomos).

O gameta masculino é chamado espermatozóide e é capaz de se movimentar rapidamente com a ajuda de um flagelo, popularmente chamado de cauda. O contrário ocorre com o gameta feminino (óvulo), que não se movimenta por si só, como ocorre entre os gametas masculinos; contudo, seu tamanho é bastante superior.

Existem dois tipos de fertilização: a fertilização externa, quando os óvulos são fertilizados fora do corpo; e a fertilização interna, quando a fecundação do óvulo ocorre dentro do sistema reprodutor feminino.